Belo Horizonte – A diretoria do Cruzeiro anunciou ontem a venda dos direitos econômicos do lateral-esquerdo Leandro para o Porto, de Portugal, por US$ 2,45 milhões. A transferência foi fechada durante uma reunião na Toca da Raposa II entre dirigentes do clube mineiro, o empresário português António Araújo, representante do Porto, e Léo Rabello, procurador do atleta.

O montante da venda será dividido em partes iguais entre Cruzeiro, Vitória – clube que o cedeu Leandro ao Cruzeiro, em 2002 -, o empresário Léo Rabelo e o laboratório farmacêutico EMS Sigma Pharma.

O lateral assinou contrato de cinco anos com o Porto e não disputa mais nenhuma partida com a camisa do Cruzeiro. "Estou muito feliz pela concretização do negócio, afinal vou para o Porto que é hoje um dos principais clubes da Europa", comemorou Leandro, que é o segundo titular da posição vendido pelo Cruzeiro em menos de 15 dias. No último dia 4, a diretoria negociou o lateral-esquerdo Sorín para o Villarreal, da Espanha, por US$ 1,9 milhão.