O Cruzeiro voltou a sonhar com uma vaga no G4 ao vencer nesta quinta-feira o Goiás por 3 a 0, no Mineirão, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe mineira chegou aos 39 pontos e subiu da 13ª para a 10ª posição na tabela de classificação. O resultado, por outro lado, representou o segundo revés consecutivo do time do técnico Hélio dos Anjos, que permanece com 45 pontos, em 5º lugar.

Na etapa inicial, o Cruzeiro dominou as ações ofensivas, mas pecou nas finalizações. O Goiás, por sua vez, se fechou na tentativa de aproveitar o erro do time da casa. Na melhor chance celeste, aos 35 minutos, o zagueiro Leonardo Silva arrancou de seu campo e cruzou para a área. O volante Marquinhos Paraná ajeitou de cabeça e Gilberto concluiu, mas o goleiro Harlei fez grande defesa e evitou o gol.

Antes do fim do primeiro tempo, Gilberto, lesionado, deixou o campo para a entrada de Leandro Lima, na estreia do armador com a camisa do Cruzeiro. A mudança alterou o panorama da partida. Ele quase marcou aos 45 minutos, mas mais uma vez Harlei salvou o Goiás.

Na volta do intervalo, porém, Leandro Lima não perdoou e cabeceou na pequena área para abrir o placar, com um minuto. Aos três, o atacante Wellington Paulista – bastante criticado pela torcida – chutou de fora da área e ampliou: 2 a 0.

A situação do time goiano ficou ainda mais complicada com a expulsão do zagueiro Leandro Euzébio, após falta no atacante Thiago Ribeiro. Aos nove minutos, Wellington Paulista fez mais um, aproveitando vacilo da zaga adversária. Com a vantagem no marcador e um jogador a mais, o Cruzeiro apenas administrou o resultado.

Para o time do técnico Adilson Batista, o jogo representou um reencontro com a vitória em casa. O Cruzeiro fará mais duas partidas seguidas no Mineirão – contra Atlético-MG e Botafogo – e espera se aproximar de uma vaga na Copa Libertadores de 2010.

Na próxima rodada, o Goiás tenta se reabilitar no Serra Dourada, onde enfrenta o Sport.

Ficha técnica:

Cruzeiro 3 x 0 Goiás

Cruzeiro – Fábio; Jonathan, Gil, Leonardo Silva (Cláudio Caçapa) e Diego Renan; Marquinhos Paraná, Henrique, Elicarlos e Gilberto (Leandro Lima); Thiago Ribeiro (Guerrón) e Wellington Paulista. Técnico – Adilson Batista.

Goiás – Harlei; Ernando, Amaral e Leandro Euzébio; Vítor, Everton, Ramalho, Léo Lima (Henrique), Fernandão (Romerito) e Júlio César; Iarley (Felipe). Técnico – Hélio dos Anjos.

Gols – Leandro Lima, a 1 minuto, e Wellington Paulista, aos 03 e 09 minutos do 2º T.

Árbitro – Leandro Pedro Vuaden (RS).

Cartões amarelos – Leonardo Silva, Diego Renan, Vítor, Everton e Henrique.

Cartão vermelho – Leandro Euzébio.

Público – 7.693 pagantes.

Renda – R$ 136.490,50.

Local – estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG).