O técnico do Palmeiras, Vanderlei Luxemburgo recebeu uma proposta oficial da diretoria do Cruzeiro para assumir o lugar de Marco Aurélio e ficou de dar uma resposta até quinta-feira. A informação foi confirmada na manhã desta terça-feira pela assessoria de imprensa do clube mineiro. O treinador palmeirense se reuniu ontem à noite, em São Paulo, com o vice-presidente de Futebol do Cruzeiro, Alvimar de Oliveira Costa.

Para o lugar de Marco Aurélio, contratado pelo Kashiwa Reysol, do Japão, a diretoria celeste já havia tentado outros três nomes: Luiz Felipe Scolari, que deixou a Seleção Brasileira, Jair Picerni, técnico do Guarani e Tite, do Grêmio. Todos recusaram os convites.  Caso Luxemburgo não aceite a proposta cruzeirense de trocar o Parque Antártica pela Toca da Raposa, os dirigentes mineiros trabalham com outras possibilidades, como Celso Roth, extécnico do Internacional, Grêmio e Palmeiras, Candinho e Levir Culpi. Este último, no entanto, enfrenta resistência da torcida celeste.

A diretoria do Cruzeiro se reunirá nesta tarde para definir quem irá dirigir o time no jogo desta quarta-feira, justamente contra o Palmeiras, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Os dirigentes devem optar pelo técnico do júnior, Ney Franco. Na estréia na competição nacional, que marcou a despedida de Marco Aurélio do comando celeste, o Cruzeiro foi goleado por 5 a 1 pelo Fluminense, no Maracanã.