Depois de um 0 a 0 na estreia, o Cruzeiro espera mais um jogo difícil no Brasileirão. Desta vez, o time mineiro espera ter mais trabalho com o gramado do Estádio dos Aflitos do que com o rival, o Náutico.

“O Estádio dos Aflitos é um pouco menor, o gramado um pouco ruim, não sei como está agora, mas pelo que já joguei, era ruim”, projetou o zagueiro Léo. “Será truncado, com mais choque, mais competitividade, em que temos que pensar rápido”, analisou.

Wellington Paulista também mostrou preocupação com o estado do campo pernambucano. “Não sei como o campo está, mas quando eu joguei lá, há dois anos, estava muito ruim. Espero que esteja melhor. Antigamente era o campo e a torcida que pressionava bastante”, alertou o atacante.

O volante Amaral cobrou superação do Cruzeiro para vencer o “jogo pegado” do Náutico. “Já atuei lá quando estava no Vasco. É um jogo pegado, difícil, mas o Cruzeiro tem jogadores fortes, principalmente na marcação e para brigar pela primeira e segunda bola. Esperamos fazer um grande jogo e sair com a vitória”, afirmou.

Amaral deverá ser titular no meio-campo cruzeirense ao lado do estreante Tinga. Já William Magrão, outro recém-contratado, ficará no banco de reservas. O time deverá ser escalado com: Fábio; Diego Renan, Victorino, Leo e Marcelo Oliveira; Amaral, Charles, Tinga, Souza e Montillo; Wellington Paulista.

Confira a lista de relacionados do Cruzeiro:

Goleiros: Fábio e Rafael;

Laterais: Diego Renan;

Zagueiros: Léo, Mateus, Thiago Carvalho e Victorino;

Volantes: Amaral, Charles, Everton, Marcelo Oliveira, Tinga e Willian Magrão;

Meias: Elber, Montillo e Souza;

Atacantes: Bobô, Wallyson e Wellington Paulista.