A diretoria do Cruzeiro vai à CBF para reclamar da atuação do árbitro sergipano Antônio Hora Filho no empate por 1 a 1 contra o Internacional, no domingo, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

Após a partida, o diretor de futebol Eduardo Maluf revelou que o clube fará uma manifestação formal à entidade máxima do futebol brasileiro. A principal reclamação dos mineiros é sobre o lance da expulsão do atacante Kléber, aos 17 minutos da primeira etapa.

“Em todos os jogos que nós entendemos que o juiz de uma forma ou de outra não foi bem, nós pegamos os lances e mandamos para a comissão de arbitragem. Fora esse procedimento, nós vamos fazer uma manifestação pública da nossa insatisfação com o departamento de árbitros da CBF”, disse Maluf.

“A expulsão do Kléber foi uma injustiça grande que fizeram com o jogador. No lance da expulsão, ele tinha que advertir o Kléber e expulsar o Lauro”, afirmou o dirigente. O árbitro expulsou tanto o atacante quanto o goleiro do Inter.