A torcida do Cruzeiro já pode respirar aliviada. No fim da tarde desta quarta-feira, o presidente do clube mineiro confirmou que o atacante Kléber permanece na equipe até o final do ano, recusando assim uma proposta do Porto pelo jogador. Segundo o Cruzeiro, o time português chegou a oferecer 9,5 milhões de euros por Kléber, mas a negociação não evoluiu e foi encerrada nesta quarta.

“A proposta do Porto não nos interessou. Entendemos que nesse momento é muito mais importante a presença do Kléber no Cruzeiro. O clube está com sua situação financeira controlada e podemos administrar sem a necessidade de negociar jogadores até o fim da temporada”, disse o presidente Zezé Perrella.

O clube mineiro ainda revelou que o Porto se dispôs a pagar 5,5 milhões de euros mais o empréstimo de dois atletas até o final do ano. Um deles, o meia-atacante Leandro Lima, já foi apresentado pelo Cruzeiro e segue com o elenco apesar da recusa por Kléber. O outro seria o atacante argentino Ernesto Farias. Caso o time de Belo Horizonte não quisesse manter os dois jogadores ao final da temporada, o Porto pagaria mais 4 milhões de euros por Kléber.

O atacante cruzeirense foi contratado em fevereiro junto ao Dínamo de Kiev, na negociação que levou o também atacante Guilherme para o time ucraniano. Kléber logo se destacou e é o artilheiro do time na temporada, com 23 gols. O jogador, que já marcou seis vezes pelo Brasileiro, está com a delegação do time mineiro no Rio de Janeiro, onde a equipe enfrenta o Botafogo nesta quinta-feira.