Sem chances de classificação para a Libertadores, o Fluminense chega para a última rodada do Campeonato Brasileiro sem grandes ambições. Ainda assim, o técnico Cristóvão Borges estipulou duas metas para a equipe na partida de domingo diante do campeão Cruzeiro, no Mineirão, pela última rodada.

A primeira é terminar o campeonato na quinta posição, que a equipe ocupa atualmente. Isso faria com que ela entrasse na Copa do Brasil somente nas oitavas de final, junto com os times que vêm da Libertadores. A outra é confirmar Fred como artilheiro da competição. Ele tem 17 gols marcados, dois a mais que Ricardo Goulart, do Cruzeiro, e Henrique, do Palmeiras.

“Esse jogo vale a quinta colocação. Se conseguirmos, na próxima temporada nós ganharemos algumas datas, e isso no calendário do futebol brasileiro é importantíssimo. A artilharia seria muito legal para o Fred e nem precisa perguntar que teria um gosto especial por tudo que ele passou após a Copa do Mundo”, declarou Cristóvão.

De fato, Fred foi um dos mais criticados após a eliminação da seleção na última Copa do Mundo, na qual teve um desempenho bem abaixo do esperado. Mesmo assim, o atacante conseguiu recuperar a boa forma no Fluminense e com um ótimo fim de temporada assumiu a ponta da artilharia do Brasileirão.

“Se você tem um cara goleador como o Fred, é importante você mantê-lo motivado. Adequamos uma maneira de jogar com o jeito dele. Mesmo depois da Copa, que caiu tudo nas costas dele e do Felipão, o Fred, por experiência, soube lidar com tudo isso. Passou por todas as dificuldades, sabendo bem do que ele era capaz. Raríssimos atletas conseguiriam fazer o que ele fez”, exaltou Cristóvão.