Depois de ser descartado do clássico diante do Atlético de Madrid, no último sábado, no Campeonato Espanhol, por causa de dores musculares na coxa esquerda, Cristiano Ronaldo participou normalmente do último treino de preparação do Real Madrid para encarar o Borussia Dortmund, no Estádio Santiago Bernabéu, nesta terça-feira, pelo duelo de volta das semifinais da Liga dos Campeões da Europa.

O atacante português não exibiu qualquer tipo de restrição na atividade realizada nesta segunda, e o técnico José Mourinho assegurou que o astro está em boas condições para tentar ajudar o Real a reverter a vantagem de 4 a 1 conquistada pelo time alemão no jogo de ida do mata-mata, em Dortmund. “Cristiano Ronaldo está bem”, se limitou a dizer o comandante sobre o seu principal jogador.

Os dois únicos jogadores que não participaram do treinamento desta segunda-feira foram o lateral-esquerdo brasileiro Marcelo, que ficará três meses afastado por causa de grave lesão muscular, e o também lateral Arbeloa, este com uma lombalgia.

Depois da goleada sofrida na semana passada, o Real Madrid precisa vencer por pelo menos por 3 a 0 para ir à final da Liga dos Campeões. Até por isso, a presença de Cristiano Ronaldo em campo é considerada tão essencial para a equipe madrilenha, pois o português figura como artilheiro isolado da competição, com 12 gols, enquanto o polonês Lewandowski, do Borussia, é o segundo maior goleador do torneio, com dez, depois de ter balançado as redes quatro vezes diante do Real na última quarta-feira.