Vencedor da Bola de Ouro em 2007, prêmio concedido ao melhor jogador do mundo na temporada, o meia brasileiro Kaká afirmou que o favorito deste ano é o português Cristiano Ronaldo, atacante do Manchester United.

Para Kaká o jogador merece levar o troféu. “Ele vai ganhar o prêmio com merecimento”, disse o brasileiro ao jornal italiano Gazzetta dello Sport. A declaração foi feita em entrevista sobre o amistoso entre as duas seleções, no dia 19.

“O jogo é importante para mim porque vou jogar na cidade em que nasci”, explicou o meia, que nasceu em Brasília, cidade que vai abrigar o jogo. “E eu quero vencer Cristiano e deixar o povo brasileiro feliz”, prometeu o ex-jogador do São Paulo.

Questionado sobre o seu futuro, Kaká negou a possibilidade de se tornar treinador depois de se aposentar, assim como aconteceu com Maradona, que assumiu o comando da seleção da Argentina.

O brasileiro também comentou a derrota na Copa do Mundo de 2006, na Alemanha. “Joguei em uma seleção brasileira talentosa em 2006, mas ganhamos nada. Isso significa que o espírito de equipe e a capacidade de fazer sacrifícios são elementos primordiais para o sucesso”, declarou o jogador.