Sem muitas firulas: errei em comparar a falta de organização do futebol paranaense com Rubens Barrichello. Não tinha nada a ver o que eu escrevi com o ex-piloto da Fórmula 1. Acabei sendo preconceituoso e fazendo exatamente o que pretendo não fazer. Erro meu, certos estão os leitores que entraram em contato, só posso pedir desculpas.

Rubens Barrichello foi um bom piloto. Teve bons carros, mas seus melhores resultados foram mesmo em equipes menores, como a Jordan e a Stewart. Na Ferrari, muita coisa aconteceu, nem preciso entrar em detalhes, mas a posição de segundo piloto o marcou. Provocou as piadas que acabei replicando. Que ele aceitou e aceita com bom humor. Mas não é certo. Repetindo, erro meu.

+ Confira o podcast De Letra com o comentarista Jairo Silva!

Poderia agora escrever esse texto e ao mesmo tempo apagar o post anterior. Seria mais prático, mas não seria verdadeiro. Então o texto lá permanecerá, com uma troca de foto – em vez da foto de Barrichello, a imagem que está dentro da análise, a do arbitral do Campeonato Paranaense deste ano – e o devido ajuste para que fique o que tem que ficar.

De resto, nada muda

Até porque que o que está escrito sobre a paralisação está totalmente mantido. Por mais que digam que ‘foi no mesmo dia’, como um leitor falou, o Campeonato Paranaense foi o último a ser suspenso. Horas antes, e antes da reunião na CBF, os campeonatos de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Santa Catarina e Rio Grande do Sul já tinham sido parados. O atraso na decisão é inexplicável.

Sete dos oito clubes do mata-mata eram favoráveis à interrupção. Athletico e Coritiba já tinham encaminhado a suspensão total das atividades. Londrina, Operário e Paraná Clube apenas esperavam a posição oficial. Que poderia ter vindo antes sim, ainda no final da semana passada. Ou após a rodada deste domingo (15). Mas só veio após a imensa maioria ter tomado partido.

Valorizamos tanto o Paraná como um estado à frente dos outros, mais organizado. Temos um histórico de inovação urbana, de tecnologia agrícola, de educação de qualidade. Lutamos para estar à frente em todos os aspectos. No futebol é o contrário, estamos sempre atrasados.

+ Confira todos os posts do blog AQUI!