Nem mesmo a estreia do técnico Márcio Fernandes no lugar de Geninho foi suficiente para acabar com a má fase do ABC. Em jogo movimentado, o Criciúma aumentou a série de derrotas dos potiguares, a oitava seguida, após vencer por 2 a 1, no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC). O duelo foi válido pela 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

A importante vitória ajuda o time catarinense a afastar-se das últimas colocações e a sonhar com acesso. Ainda em posição intermediária, o clube soma 23 pontos – seis acima da zona de rebaixamento. Os visitantes, em compensação, chegaram a oito derrotas seguidas e seguem na 19.ª penúltima posição, com 12 pontos.

O primeiro tempo foi marcado por poucas emoções. O Criciúma abriu o placar em um lance de rara infelicidade do meia Echeverría, aos 41 minutos. Após cruzamento na área, o goleiro Edson deu um tapa na bola, que sobrou para o meia paraguaio. Ao tentar afastar, ele chutou em cima do atacante Lucão e a bola entrou.

A segunda etapa foi muito mais movimentada. O clube potiguar saiu mais para o jogo e empatou aos nove minutos. Após contra-ataque, o meia Zotti cruzou para o atacante Dalberto, na segunda trave, marcar de primeira.

O gol deu uma nova cara para o jogo, que ficou aberto. Os dois times tiveram chances de marcar, mas os donos da casa foram mais eficientes. Aos 17 minutos, o volante Barreto fez ótima jogada pela esquerda, deixou um marcador na saudade e bateu firme. Edson defendeu, mas na sobra o atacante Caio Rangel só escorou e saiu para a comemoração.

Pela 17.ª rodada, no próximo sábado, às 19 horas, o Criciúma volta a campo para enfrentar o Náutico, na Arena Pernambuco, no Recife. Já o ABC recebe o Brasil, de Pelotas (RS), nesta terça-feira, às 19h15, no estádio Frasqueirão, em Natal.

FICHA TÉCNICA

CRICIÚMA 2 x 1 ABC

CRICIÚMA – Luiz; Diogo Mateus, Nino, Diego Giaretta e Márcio Goiano; Barreto (Ricardinho), Jocinei (Jonatan Lima) e Douglas Moreira; Silvinho, Lucão e Alisson Farias (Caio Rangel). Técnico: Luis Carlos Winck.

ABC – Edson; Jonathan Bocão, Cleiton, Filipe e Marquinhos Caldas (Echeverría); Anderson Pedra, Márcio Passos e Zotti; Dalberto, Daniel Cruz (Caio Mancha) e Lucas Coelho (Gegê). Técnico: Márcio Fernandes.

GOLS – Lucão, aos 41 minutos do primeiro tempo; Dalberto, aos 9, e Caio Rangel, aos 17 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Silvinho e Douglas Moreira (Criciúma); Lucas Coelho, Zotti e Echeverría (ABC).

ÁRBITRO – Sávio Pereira Sampaio (DF).

RENDA – R$ 63.480,00.

PÚBLICO – 3.091 pagantes.

LOCAL – Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC).