Com gols dos laterais Diego Giaretta e Dudu, Criciúma e Figueirense ficaram no empate por 1 a 1, nesta terça-feira, no estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC), em um duelo catarinense pela 26.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O resultado foi ruim para as duas equipes, que têm objetivos opostos na competição.

Com 38 pontos, o Criciúma perdeu a oportunidade de se aproximar da briga pelo acesso, permanecendo ainda no meio da tabela de classificação e sem chances de entrar no G4 nem mesmo na próxima rodada. O Figueirense, com 29, terá de amargar mais uma rodada dentro da zona do rebaixamento. A equipe alvinegra está em 18.º, acima apenas de Náutico e do lanterna ABC.

O Criciúma começou melhor e pressionou desde o primeiro minuto, criando uma série de oportunidades para abrir o placar. De tanto insistir, aos 30 minutos, Alex Maranhão cobrou escanteio e o lateral-esquerdo Diego Giaretta, de cabeça, completou para o fundo do gol.

O time da casa seguia melhor e só não ampliou ainda no primeiro tempo porque a defesa do Figueirense contou a sorte. Novamente com Diego Giaretta, desta vez cruzando da esquerda, a bola passou pela área sem desvio e acertou o travessão.

Na segunda etapa, no entanto, o Figueirense voltou com outra postura e passou a marcar presença no campo de ataque em busca do empate até os 14 minutos, quando Luidy invadiu a área e bateu cruzado. Dudu se atirou contra a bola a completou para o gol.

A partida seguiu equilibrada até o fim e o Criciúma teve uma grande chance de sair com a vitória já nos acréscimos, aos 47 minutos. Após cobrança de escanteio, a bola ficou viva dentro da área, Edson Borges bateu em cima de Nino e o goleiro Saulo garantiu o empate.

O Figueirense volta a campo nesta sexta-feira, quando recebe o Paraná, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, pela 27.ª rodada da Série B. No sábado, o Criciúma visita o Guarani no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).

FICHA TÉCNICA

CRICIÚMA 1 x 1 FIGUEIRENSE

CRICIÚMA – Luiz; Maicon Silva (Douglas Moreira), Nino, Edson Borges e Diego Giaretta; Barreto, Ricardinho, Caíque Valdívia (Caio Rangel) e Alex Maranhão (Moisés); Silvinho e Lucão. Técnico: Beto Campos.

FIGUEIRENSE – Saulo; Dudu, Leandro Almeida, Marquinhos e João Lucas; Pereira, Patrick e Lucas Silva; Ty Sandows (Joãozinho), Luidy (João Paulo) e Henan (Nicolas Careca). Técnico: Milton Cruz.

GOLS – Diego Giaretta, aos 30 minutos do primeiro tempo; Dudu, aos 14 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Edson Borges, Alex Maranhão e Silvinho (Criciúma); Leandro Almeida, Pereira e Nicolas Careca (Figueirense).

ÁRBITRO – Pablo dos Santos Alves (PB).

RENDA – R$ 82.340,00.

PÚBLICO – 4.739 pagantes.

LOCAL – Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC).