O Grupo D da atual edição da Copa Africana de Nações, na Guiné Equatorial, teve um equilíbrio histórico. Cinco das seis partidas disputadas pela chave terminaram empatadas em 1 a 1, inclusive o duelo entre Guiné e Mali nesta quarta-feira. A única seleção que conseguiu escapar deste resultado e vencer foi a Costa do Marfim, que derrotou Camarões por 1 a 0 também nesta quarta e garantiu vaga nas quartas de final.

Com os resultados, a Costa do Marfim terminou com cinco pontos, na ponta da chave, enquanto Camarões estacionou nos dois e, com isso, acabou eliminado, na última posição da chave. Nas quartas de final, os marfinenses terão pela frente a Argélia, no domingo, em Malabo.

O outro classificado do Grupo D, no entanto, só será conhecido na quinta. Como Guiné e Mali empataram suas três partidas em 1 a 1, acabaram empatados em pontos – com três cada – e em todos os critérios de desempate. Com isso, um sorteio será realizado para saber quem avançará na segunda posição da chave para enfrentar Gana, também no domingo, mas em Mongomo.

Para vencer nesta quarta e garantir a ponta da chave, a Costa do Marfim contou com o gol solitário de Gradel. E foi um golaço. O jogador recebeu na intermediária e arriscou de longe, uma pancada, no canto direito do goleiro, aos 35 minutos. No segundo tempo, Camarões pressionou em busca do gol de empate, mas os marfinenses se fecharam bem e garantiram o triunfo.

No outro jogo, Guiné abriu o placar logo aos 15 minutos, com o gol de Kevin Constant, de pênalti. Mas no início da etapa final, Modibo Maiga garantiu a igualdade de cabeça, após cruzamento da direita. Agora, as duas seleções aguardam o sorteio para saber quem passa de fase.