A nota enviada anteriormente contém erros no primeiro e terceiro parágrafos. Segue a versão corrigida:

Andy Murray voltou a exibir progresso em seu retorno às quadras depois de se recuperar de lesão ao vencer sua partida de estreia no Masters 1000 de Xangai. O ex-número 1 do mundo derrotou, nesta segunda-feira, o argentino Juan Ignacio Londero por 2/6, 6/2 e 6/3, ganhando seu quarto jogo de simples em nível ATP desde a cirurgia no quadril direito, em janeiro.

O dono de três títulos de Grand Slam sofreu no início do duelo, mas depois conseguiu se impor diante do tenista oriundo do qualifying. “A quadra tem de longe as condições mais rápidas em que joguei desde que voltei. Eu realmente sofri com isso no início”, disse Murray. “Eu me senti muito lento na quadra, e ele estava praticamente ditando todos os pontos. Eu consegui meio que no começo do segundo set começar a colocar um pouco mais a minha bola, arriscando um pouco mais”, acrescentou.

Murray está agora com quatro vitórias e quatro derrotas em jogos de simples de nível ATP desde que voltou às quadras depois de sua cirurgia no quadril. Ele ganhou sua primeira partida de simples há duas semanas, no Torneio de Zhuhai, na China, depois chegando às quartas de final do Torneio de Pequim.

“Nas últimas semanas, joguei mais partidas”, disse Murray. “Estou começando a me acostumar um pouco a começar a competir nesse nível novamente. Acho que a cada semana me sinto bem, melhor. No começo eu não necessariamente me sentia bem. Mas as últimas duas semanas foram, eu acho, muito melhores”, acrescentou.

Murray agora enfrentará o italiano Fabio Fognini, décimo cabeça de chave do Masters 1000 de Xangai, que derrotou o norte-americano Sam Querrey por 6/4 e 6/2, nesta segunda-feira.

O canadense Denis Shapovalov marcou um encontro na segunda rodada contra o atual campeão Novak Djokovic com uma vitória por 6/4 e 6/2 sobre o americano Frances Tiafoe. O primeiro game da partida, vencido pelo tenista dos Estados Unidos, teve 15 minutos de duração. Mas depois Shapovalov dominou a partida. O sérvio enfrentou o número 36 do mundo duas vezes nesta temporada, tendo vencido em quatro sets na terceira rodada do Aberto da Austrália e tendo perdido apenas quatro games na segunda rodada do Masters 1000 de Roma.

O canadense Vasek Pospisil derrotou Diego Schwartzman, 14º cabeça de chave, por 7/6 (7/2) e 6/2, vencendo os 33 pontos disputados no primeiro serviço. O espanhol Albert Ramos-Viñolas será o primeiro rival do suíço Roger Federer após aplicar duplo 6/4 no croata Marin Cilic.

O britânico Cameron Norrie, o chileno Cristian Garin, os franceses Benoit Paire, Jeremy Chardy e Gael Monfils, o casaque Mikhail Kukushkin e o espanhol Pablo Carreño Busta também triunfaram nesta segunda-feira no Masters 1000 de Xangai.