O jogo estava se encaminhando para a vitória do Coritiba, mas o inquilino acabou deixando o placar igual em cima do senhorio. Como assim? É que o goleiro Edson Bastos alugou uma residência para o atacante Vandinho, do Avaí, e tomou o gol de empate justamente dele ontem à noite na Ressacada.

“A gente até brincou e eu disse que se ele fizesse gol em mim iria cobrar o aluguel mais caro porque ele mora numa residência que é minha aqui em Florianópolis. Mas está tranquilo, ele é um menino bom e está de parabéns pelo gol que fez”, revelou o arqueiro alviverde.

Segundo ele, não dava para chegar na bola. “Foi um belo chute, méritos para ele, que acabou acertando de primeira uma bola muito difícil de ser batida e ela acabou passando longe de mim e caiu na rede do outro lado. O Vandinho na área é um ótimo finalizador”, analisou Edson. Por isso, o camisa 1 coxa gostou do resultado.

“Fizemos um bom jogo e o resultado não deixou de ser interessante. Sabíamos que haveria dificuldades, a equipe lutou do começo ao fim, não conseguiu a vitória, mas fizemos um gol na casa do adversário e isso é importante”, avaliou.

Já o atacante Marcos Aurelio saiu de campo descontente e chamando o árbitro de “muito fraco”. “Faltou um pouquinho de atenção na frente, de calma e saber servir o companheiro também. Tivemos oportunidades aqui na frente e se tivéssemos calma faríamos o resultado”, finalizou o avante do Coritiba.