Com a suspensão de Lucas Mendes, o lateral-esquerdo Triguinho já foi confirmado pelo técnico Ney Franco e volta ao Coritiba no sábado contra o Ipatinga.

Será a chance dele recuperar a posição, que perdeu ao se machucar, e jogar mais do que os poucos segundos contra o Bahia, já que assim que entrou cobrou um lateral e a arbitragem apitou o final da partida.

“Tenho dez anos jogando e nunca aconteceu isso, foi a primeira vez de eu bater o lateral e acabar o jogo. Mas o time ganhou e conseguimos o resultado, que era o mais importante. Agora é pensar no próximo jogo”, analisa o jogador.

E o próximo jogo é a possibilidade de Triguinho se reafirmar na equipe. “Estamos sujeitos a isso, às lesões, mas acho que estou bem, me recuperei e estou trabalhando forte e com muita vontade de jogar”, avisa o lateral.

Ele diz que fisicamente está 100% recuperado, mas ainda pode faltar um pouco de ritmo de jogo. “Na vontade e na determinação espero corresponder”, destaca. E a briga pela vaga? “Estamos com um grupo qualificado e o pessoal que entra e sai está correspondendo”, completa.

Mas esta não será a única novidade. Após a suspensão, o volante Leandro Donizete está de volta ao time no lugar que foi de Andrade no sábado. No restante da formação, o técnico Ney Franco não deverá fazer nenhuma alteração.

Hoje, o time volta aos trabalhos no CT da Graciosa e amanhã repete a dose no Couto Pereira. Na agenda alviverde está programada a viagem para Belo Horizonte na quinta-feira, pernoite na capital mineira com saída para Ipatinga na sexta-feira pela manhã, com treinamento à tarde.