Com 37% dos votos, Samir Namur é o novo presidente do Coritiba. O candidato da chapa Coritiba do Futuro foi eleito com 1070 dos 2854 votos para comandar o clube no triênio de 2018, 2019 e 2020.

A posse acontecerá na próxima quinta-feira (14), no Couto Pereira e a primeira missão do novo mandatário será colocar o Coxa novamente na elite do futebol brasileiro.

“De domingo para cá, até o dia que o Coritiba subir para a Série A, não serão dias de comemoração. Serão dias de muito trabalho, muita dedicação, para que no final do ano a gente cumpra essa missão, que é a nossa prioridade. Hoje foi um dia de extrema importância”, disse Namur, em seu primeiro discurso como novo presidente alviverde, que tem em mente o critério que irá usar para gerir o Alviverde.

“Temos que ter equilíbrio financeiro, profissionalização do futebol e priorização da base. São os nossos três desafios”, afirmou ele.

A disputa foi bem acirrada. Em segundo lugar ficou João Carlos Vialle, da chapa Sangue Verde, com 908 votos (32%), enquanto Pedro Guilherme de Castro, da chapa Novo Coritiba, ficou com 857 votos (30%). 19 sócios votaram em branco ou nulo.

Atual presidente do clube, Rogério Portugal Bacellar optou por não apoiar nenhuma das chapas e não votou em nenhum candidato.

Aos 34 anos, Samir Namur irá liderar a nova composição do G5 do Coritiba. Além dele, fazem parte da diretoria o 1º vice-presidente Paulo Roberto Baggio Pereira, 54 anos, o 2º vice-presidente Jorge Durao, 46 anos, o 3º vice-presidente Eduardo Basto de Barros, 44 anos, e o 4º vice-presidente, Anibal de Paulo Mesquita Júnior, 43 anos.

Eduardo Basto de Barros, Samir Namud, Jorge Durao e Anibal de Paulo Mesquita Júnior. Integrantes do novo G5 do Coritiba. Foto: Jonathan Campos
Eduardo Basto de Barros, Samir Namud, Jorge Durao e Anibal de Paulo Mesquita Júnior. Integrantes do novo G5 do Coritiba. Foto: Jonathan Campos