Na vitória contra o Coritiba, o conjunto do Betrão se houve bem, mas um jogador realmente fez a diferença. Dando ritmo ao time, Safira foi o melhor em campo e ajudou a sua equipe a construir um belo resultado em um jogo contra um adversário difícil.

No lado do alviverde, apesar da má jornada da zaga, em especial Pereira, o zagueiro Felipe fez uma boa partida e não teve participação direta em nenhum dos gols do Beltrão. 

O técnico ivo Wortmann escalou mal a equipe poupando Cleiton e com Vicente na esquerda o time ficou improdutivo por esse setor. Na segunda etapa, o treinador abdicou do sistema 3-5-2 e deixou o seu time vulnerável. O Beltrão aproveitou a instabilidade de alguns jogadores para fazer o terceiro gol e matar a partida.