Coritiba e Vasco possuem jogadores que podem fazer a diferença em um jogo decisivo como o desta quarta-feira (8), a partir das 21h50, no estádio Couto Pereira. De um lado, a velocidade de um setor ofensivo que deixou o Brasil inteiro surpreso, composto por Rafinha, Davi, Marcos Aurélio (Anderson Aquino) e Bill. Do outro lado, jogadores renomados e experientes, como Diego Souza, Felipe, Éder Luiz e Alecsandro.

Entretanto, dois atletas surgem como as principais apostas para cravar seus nomes na história dos clubes: Rafinha, pelo Coxa, e Alecsandro, pelo Gigante da Colina. O primeiro deu a volta por cima, após se envolver em algumas confusões que lhe custaram suspensões no início do ano. Com dribles rápidos e uma grande velocidade, Rafinha tem sido o nome do Verdão na reta final da Copa do Brasil.

Alecsandro foi o nome do Vasco na primeira partida da final. Na última quarta-feira, em São Januário, o filho de Lela, um dos ídolos do Coritiba, mostrou bom posicionamento e oportunismo no gol da vitória do clube carioca, por 1 a 0. Na decisão inédita para ambos, a torcida coxa-branca espera não rever as caretas de Lela, que já deram tantas alegrias no passado. A expectativa é acompanhar a alegria de um baixinho invocado, que vem fazendo história com a camisa do Verdão.