A Caixa Econômica Federal pode cortar o seu investimento no Atlético e no Coritiba por conta de uma redução de gastos. Recentemente, o banco já não havia prorrogado a parceria com o Paraná Clube.

O Tricolor perdeu a Certidão Negativa de Débitos e viu o investimento de R$ 2 milhões por ano feito pela Caixa ir por ‘água abaixo’.

De acordo com nota enviada pela Caixa ao jornal Gazeta do Povo, o projeto de marketing esportivo do banco ainda está em andamento. “Em 2014, a Caixa investiu cerca de R$ 236,5 milhões em patrocínios esportivos, nas modalidades: atletismo, ginástica, lutas associadas, ciclismo, paradesporto, futebol e corridas de rua”, relatou a estatal.

Atlético e Coritiba recebem R$ 6 milhões da Caixa por ano. O contrato do banco com o Coxa termina em maio e a diretoria alviverde tentará a renovação do vínculo já na próxima semana. Um mês depois acaba o contrato do Atlético com o banco.