O meia-atacante Martinuccio já está em Curitiba há quase uma semana, mas o clube ainda não oficializou a contratação. Após realizar todos os exames clínicos exigidos, o impasse estaria em ajustes contratuais na parceria entre Coritiba e Fluminense, clube detentor dos direitos federativos e econômicos do atleta. O diretor de futebol Anderson Barros aposta muito nessa transação para dar qualidade e “peso” ao elenco coxa-branca.

A posição, no clube, é de que a documentação já foi encaminhada ao Rio de Janeiro, faltando apenas as assinaturas dos dirigentes do Fluminense. Enquanto esta parte burocrática é discutida, o jogador segue realizando trabalhos à parte. Momentaneamente, ele seria a última contratação do clube para a retomada do Brasileirão. Mesmo estando aberto a qualquer boa opção de mercado, o clube está sem recursos para novos investimentos.

Caso o jurídico dê “sinal verde”, Martinuccio poderia ser uma das novidades, hoje, no Couto Pereira. Seria uma boa atração para o sócio-torcedor, que mais uma vez terá acesso livre ao Couto Pereira. Desta vez, sem jogos da Copa, a expectativa é de uma boa movimentação nas arquibancadas do Alto da Glória. Diante do Foz, cerca de trezentos torcedores acompanharam a atividade, realizada simultaneamente à decisão entre Argentina e Suíça.