O Coritiba ainda vai demorar um pouco para definir quem será o substituto de Dorival Júnior para comandar a equipe em 2009. Os dirigentes já entraram em contato com, pelo menos, dois profissionais que estão empregados no momento, Ney Franco (Botafogo) e Wagner Mancini (Vitória), mas a definição depende de outros fatores.

Esses dois nomes ainda estão discutindo a renovação para ficar onde estão e, ao mesmo tempo, estudando outras propostas, incluindo aí o contato com o Alviverde. Isso, no entanto, não impede que o planejamento para o centenário seja colocado em prática.

De acordo com o coordenador de futebol Paulo Jamelli, tudo está dentro do que foi traçado pelo clube. A ausência de um técnico contratado só segura um pouco as renovações de contrato, porque a opinião do treinador será levada em conta na montagem do elenco, mas o resto está tudo planejado.

O departamento de futebol, inclusive, já estipulou que os jogadores entram em férias em dois momentos. Após a partida contra o Vasco, dia 30, deverão sair os que têm contrato para 2009. Os demais deverão ficar para enfrentar o Sport e, quem sabe, resolver se ficarão para a próxima temporada.

Após as férias, o elenco deverá se reapresentar no CT da Graciosa no dia 5 de janeiro para realizar os primeiros exames médicos e já iniciar os trabalhos físicos com o preparador Glydston Ananias, que é funcionário do clube e permanece na comissão técnica a ser montada.

A expectativa dos dirigentes é contar com um elenco praticamente fechado e com alguns reforços para iniciar os preparativos para o Paranaense e a Copa do Brasil, que começam em janeiro e fevereiro, respectivamente. Em maio, o time tem o Brasileirão e, no segundo semestre, presença na Copa Sul-Americana.