O Coritiba enfim confirmou a sua terceira contratação para a sequência da Série A. O argentino Alejandro Martinuccio, 26 anos, concede hoje pela manhã a sua primeira coletiva como jogador do Verdão. Com passagens discretas por Fluminense e Cruzeiro, o meia-atacante espera recuperar no Alto da Glória o mesmo futebol que o projetou no Peñarol, em 2011, quando chegou à final da Copa Libertadores da América. Contratado “a peso de ouro” pelo Fluminense, ele não se firmou e acabou emprestado ao Villarreal e depois ao Cruzeiro.

“No futebol brasileiro, tanto os defensores quanto o atacantes precisam correr e isso para mim foi difícil. Demorei para me adaptar. Agora com três anos no Brasil já aprendi, isso foi o que não me ajudou no começo, no Fluminense”, disse o argentino ao site do clube. Martinuccio confirmou ainda que o fato de voltar a trabalhar com Roth (que foi seu técnico no Cruzeiro) pesou para o seu acerto com o Verdão. “Quando ele me chamou aceitei de imediato. Ele me deu muita confiança no Cruzeiro e quando o jogador tem confiança e carinho do seu treinador pode ajudar muito dentro e fora do campo”, explicou o reforço coxa-branca.

Martinuccio já vinha trabalhando fisicamente no CT da Graciosa. A partir deste acerto, já passa a integrar o grupo principal do Coritiba. Na avaliação da comissão técnica e do comando do futebol, trata-se de um jogador de muita qualidade técnica e que será muito importante na longa caminhada que o clube tem pela frente. O Coritiba tem 29 jogos pelo Brasileiro e precisa de uma reação imediata. Martinuccio vem por empréstimo até o fim da temporada e o Fluminense ainda irá bancar um percentual não revelado do salário do jogador. Antes dele, o clube já havia apresentado o volante Helder e o meia Elber.

Confira abaixo a entrevista do meio-campo Martinuccio ao site oficial do Coritiba: