Apesar de criticar mais uma vez a falta de atenção, nos gols do Vasco, o técnico Marcelo Oliveira considerou justo o empate por 2 x 2, arrancado pelo Coritiba no final do jogo, ontem, em São Januário. Para o técnico, o resultado pode ser o início da recuperação do time, que terminou a 17.º rodada em 16.º lugar, uma posição acima da zona de rebaixamento. “O Coritiba não tem time para ficar na zona, pela tradição e pelo o que vem jogando. Quem sabe, por trás deste sofrimento tem algo bom nos esperando”, disse.

Segundo o técnico, o Coxa poderia ter saído com a vitória, mas, pelas circunstâncias o resultado acabou sendo satisfatório. “No primeiro tempo deixamos de ganhar três pontos. Agora, no final, da forma que foi, acho que foi bom. Por ser o Vasco, fora de casa, ficou de bom tamanho”, declarou.

O treinador, no entanto, criticou a falta de atenção dos jogadores, especialmente, no segundo gol do Vasco, que saiu após uma falta cobrada por Juninho Pernambucano. “Achei que foi uma falta desnecessária. Com o Juninho em campo não pode fazer falta próxima da área no final do jogo”, reclamou.

Reforços

Embora a diretoria ainda não tem confirmado, a imprensa peruana já dá como certa a vinda do atacante Raul Ruidiaz para o Coritiba. O jogador, que está treinando na “La U”, do Equador, estaria vindo para Curitiba, segundo publicou o jornal peruano El Comércio. Outro reforço, o lateral-direito Victor Ferraz, já pode estrear pelo Alviverde, domingo, contra o Cruzeiro. Ele teve seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) e ganhou condições de jogo.