Marcelo Oliveira comemora retomada de vitórias

Após a vitória sobre o Ceará, o técnico Marcelo Oliveira comemora a retomada natural de bons jogos do Coritiba, que emplacou o recorde de 24 vitórias seguidas e ainda chegou à final da Copa do Brasil.

O Alviverde vinha patinando no Campeonato Brasileiro, mas empolgou contra o Vozão e já inspira vôos mais altos. Na 14.ª colocação, o time passa a mirar a ponta de cima da tabela de classificação e conta novamente com o fator Couto Pereira diante do Figueirense, na semana que vem. Em casa, o time ganhou 19 vezes, empatou uma e perdeu outra das 21 partidas disputadas.

“Nós vínhamos jogando bem, mas por uma questão de sorte a bola não entrava. Agora a vitória gera confiança para trabalhar. Dá para sentir que pode ser diferente, crescer na competição, buscar uma boa pontuação e também as primeiras colocações”, aponta o treinador.

Ele conta com os 92,1% de aproveitamento no Alto da Glória, mas também com o bom futebol da equipe. “De uma forma geral as coisas foram bem, o time jogou bastante equilibrado defensivamente e ofensivamente atacou na hora certa, a bola entrou diferente de outros jogos e tenho dito como os confrontos são muito equilibrados o primeiro gol é fundamental e sair na frente gera confiança e tranquilidade”, reitera Marcelo.

Na visão dele, as mudanças eram necessárias para o time manter a força, principalmente por atuar em casa. “Às vezes é necessário dar uma mexida, não que aqueles que estavam jogando estivessem mal, mas mudamos um pouquinho a forma de jogar, encaixou bem e estou satisfeito porque era fundamental vencer para retomar nosso caminho natural de jogar bem, produzir bem e sendo mais eficaz, a bola começa a entrar”, avalia.

No entanto, ele sabe que não será sempre assim. “Retomamos o nosso caminho, que é um caminho árduo, difícil. Esse time do Ceará é muito bem montado e o mesmo que ganhou do Palmeiras e semana que vem tem o Figueirense, que está numa fase muito boa”, avisa o treinador.

De acordo com Marcelo, o trabalho não pára. “Não dá para empolgar tanto porque temos um caminho longo pela frente, mas dá para sentir que pode vir um novo momento e é importantíssimo contar com um elenco. Temos que seguir trabalhando forte e intenso, com comprometimento de todos, com o respaldo que se tem da diretoria, porque isso reflete em campo”, finaliza o treinador.