Após o jogo, Marcelinho Paraíba era só felicidade e não era para menos. Não só marcou o gol que valeu a vitória ao Coritiba como também já caiu nas graças da torcida.

“Estou muito feliz por ter estreado e marcado o gol. Espero que possa ser o primeiro de vários. A equipe toda está de parabéns pela vitória e pelos três pontos”, avaliou. No entanto, ele mesmo ressaltou a dificuldade do confronto contra o Nacional. “A equipe adversária marcou muito, mas jogamos com inteligência, soubemos administrar o resultado e mais uma vez quero agradecer ao grupo que me recebeu muito bem”, disse MP9.

Marcelinho também agradeceu o apoio interno nesse começo no Coxa. “Eu errei algumas bolas, eles souberam compreender e isso me deu tranquilidade para que pudesse marcar o gol”, revelou. Mas ele também ajudou os companheiros.

“Independente da idade, da experiência e dos clubes em que passei, você tem sempre que ter a humildade e respeitar os mais jovens, porque estão chegando com muita qualidade. Tem que incentivar e dar o apoio para que eles possam ter mais confiança”, apontou.

Fisicamente, Marcelinho disse que se sentiu bem. “O professor Ivo me deu liberdade e a gente tem que aceitar que no meio-de-campo do Coxa tem grandes jogadores, o Renatinho fez uma bela partida hoje, o meio está bem servido e se for para jogar no ataque ou meio, onde é a minha praia, estou à disposição dele”, ressaltou o jogador.

E a torcida? “A impressão foi a melhor possível. Ela apoiou a equipe do começo ao fim, inclusive, no finalzinho o adversário quase empatou numa pressão nos últimos três minutos. Mas ela ficou do nosso lado porque viu que nos empenhamos do início ao fim”, finalizou.