O Coritiba não queria, mas a possível contratação do meia Ronaldinho Gaúcho já virou novela. Depois de confirmar na tarde de terça-feira (24), no seu site oficial, que oficializou uma proposta pelo jogador de 36 anos, o Verdão saberá a resposta somente no mês que vem e, enquanto isso, nos bastidores, os jogadores vivem a expectativa de contar com o R10 como parceiro de equipe na temporada de 2017.

“Seria um prazer imensurável poder atuar com ele. É uma lenda, um cara que eu cresci vendo jogar e tive a chance de jogar contra. Então, dispensa comentário, tem uma qualidade ímpar, é referência mundial. Se der certo, mas sei ainda que tem muita coisa (para ocorrer o acerto), eu espero que ele possa aceitar e vir nos ajudar”, afirmou o meia Tiago Real.

Jogador ao lado do meia Ronaldinho Gaúcho, que já conquistou o prêmio de melhor jogador do mundo em duas oportunidades, seria a realização de um sonho para jovens jogadores do Coxa, que chegaram neste ano ao clube. São os casos do zagueiro Márcio, que veio do Atibaia, e do atacante Léo Santos, que completou recentemente 21 anos e estava no Náutico.

“Será outro sonho, porque eu só via pela televisão. O Kléber mesmo, eu só via pela televisão e quando cheguei aqui eu vi e tomei um susto. Agora, jogando ao lado dele, é uma honra para mim. Só de estar aqui para mim é um orgulho demais”, apontou o defensor. “A gente conversa sobre o Ronaldinho no vestiário. É um excelente jogador e, se vier, chegará para somar”, acrescentou Léo Santos.