O Coritiba voltou a oscilar na Série B do Campeonato Brasileiro. O empate em 1×1 diante do Operário, na noite desta sexta-feira (26), no Germano Krüger, em Ponta Grossa, provou que o time tem muito ainda o que melhorar se quiser sonhar com o retorno à primeira divisão do ano que vem. Até mesmo por isso e, especialmente por ter saído em desvantagem, o ponto somado nos Campos Gerais foi comemorado pelos jogadores.

O atacante Rodrigão salvou o Coxa mais uma vez. O camisa 9 empatou e chegou ao seu nono gol na Série B. O goleador do Verdão elogiou a assistência de Giovanni e destacou a importância do ponto levado para Curitiba na bagagem.

+ Tristeza: Torcedor do Operário morre no Germano Krüger

“O Giovanni tem uma qualidade espetacular. Quando você treinar, no jogo fica fácil executar. Feliz pelo gol. O Giovanni acertou uma bola perfeita. Saímos daqui com um ponto, está ótimo. É analisar os erros que tivemos. O jogo não foi agradável, sabemos disso. É manter a cabeça no lugar, descansar e segunda temos outra guerra dentro de casa”, cravou ele.

O resultado em si foi positivo, especialmente porque o Coritiba tem feito o dever de casa. Assim, o Coxa tem a chance, na segunda-feira (29), de chegar aos dez pontos conquistados de 12 disputados caso consiga vencer o Botafogo-SP, no Couto Pereira.

+ Leia também: Rodrigão salva e Coxa empata em Ponta Grossa

“Tivemos um pouco de dificuldade. O gramado estava ruim, não conseguimos impor nosso ritmo no primeiro tempo. No segundo tempo tivemos um bom volume de jogo. Fizemos o gol e continuamos jogando. Não sofremos nada. A gente veio para ganhar, mas como a gente sempre fala, a gente vem para vencer, mas sempre guarda esse ponto no bolso e tenta buscar os dois. Foi um ponto importante, a gente empatou e temos agora que fazer o dever de casa”, emendou o volante Matheus Sales.

+ Confira a classificação completa da Série B!

Para o goleiro Alex Muralha, a mudança de postura no segundo tempo fez o Coritiba buscar o empate diante do Operário. “A gente sabia que seria complicado, que teríamos que guerrear. O campo não ajudou, mas não é desculpa. Colocamos a bola no chão no segundo tempo, criamos e fizemos o gol. Temos que comemorar esse ponto. É difícil jogar aqui. É vencer em casa e buscar ponto fora, continuar nessa batida e se aproximar cada vez mais do G4”, finalizou o arqueiro.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre futebolentretenimentohoróscopo, nossos blogs exclusivos e os Caçadores de NotíciasVem com a gente!