enkontra.com
Fechar busca

Coritiba

Coritiba

Coritiba

Há quase 17 anos o Coxa não perde para o Paraná no Couto

Trata-se do mais longo jejum entre os oponentes da Capital

  • Por Rafael Nascimento

Coritiba e Paraná Clube se enfrentam amanhã, às 16h, no Couto Pereira, em momentos bastante distintos – tanto dentro do Estadual quanto na história do confronto. A partida, válida pela 5.ª rodada do returno, marca o jogo de número 95 entre as equipes, que nos áureos tempos protagonizaram confrontos de tirar o fôlego, mas que perderam força nos duelos recentes, ou melhor, a força pendeu somente para o lado alviverde. A ponto de o título de “clássico” já ser questionado. Só o Alviverde vem acumulando triunfos, e conta com o retrospecto de quase 17 anos sem perder para o rival no Alto da Glória.

Trata-se do mais longo jejum entre os oponentes da Capital. Contra o Atlético, o Paraná Clube ficou cinco anos sem vencer. Já o Rubro-Negro também está há cinco anos sem ganhar do Coritiba no Couto Pereira. Para se ter uma dimensão do tempo que faz que o Tricolor não supera o Alviverde no Alto da Glória, na época em que o Paraná ganhou pela última vez no estádio (1 x 0, gol de Ricardinho, em 28 de julho de 1996) Toninho Cecílio, atualmente técnico do Tricolor, era zagueiro do Coxa. Por outro lado, Tcheco, que hoje é auxiliar técnico do Coritiba, estava começando a carreira de jogador no rival.

Consciente de que o retrospecto em casa é amplamente favorável ao Coritiba, o técnico Marquinhos Santos contemporiza. “São dados que ficam pro lado de fora das quatro linhas. A partir do momento que inicia o jogo os números não entram em campo. Nós temos que estar muito atentos, por que a equipe do Paraná vem fazendo um trabalho forte, apesar da derrota na ultima partida”, observa o treinador. No elenco alviverde, o pensamento é igual. Segundo os jogadores, o foco está na perseguição ao líder Londrina. “Temos que respeitar muito a equipe do Paraná, que já ganhou vários títulos estaduais, disputou Libertadores, mas jogamos em casa, diante de nosso torcedor. Então, se a gente almeja ganhar o 2.º turno pra ganhar o Paranaense, temos que ganhar o clássico, É obrigação”, aponta o lateral-esquerdo Eltinho, que já esteve do outro lado.

Para não ser surpreendido em casa, e de quebra manter o tabu, o treinador alviverde desconversa quando o assunto é escalação. Tudo dentro do cenário que um clássico sugere. No treinamento realizado ontem, no CT da Graciosa, a única confirmação de Marquinhos Santos foi a manutenção do 3-5-2.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

7 Comentários em "Há quase 17 anos o Coxa não perde para o Paraná no Couto"


Evangelino do Couto *Rumo ao Segundo Penta
Evangelino do Couto *Rumo ao Segundo Penta
6 anos 4 meses atrás

O André Quintana demonstra uma triste realidade. Muito difícil encontrar alguém com menos de 20 anos que torça para o Paraná. Os mais empolgados, tem mais de 40, tinham entre 20 e 30 nos anos 90. Fim de festa…

Paulo Busnasrdo Mikosz
Paulo Busnasrdo Mikosz
6 anos 4 meses atrás

Coritiba 2 X paranada da kombi 0. Sempre Coritiba, a maior torcida do Pr

Edson Coxa
Edson Coxa
6 anos 4 meses atrás

Sonha Willian, empate só entre os CAPengas e Paranada, classico Patetico, o Coxa vai meter mais quatro, nos galinaceos, kkkkkkkkk

André Vicentini
André Vicentini
6 anos 4 meses atrás

Meio difícil encontrar alguém com menos de 20 anos que torça para o p.clube, mas se houver esse torcedor, nunca viu o time colorido vencer no Couto, e claro, nunca verá hahahahahaha!!! Chuuupaa galinha!!!

William PR
William PR
6 anos 4 meses atrás

Mais um empate amanhã.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas