Ao que tudo indica, as chances de que o goleiro Wilson deixe o Coritiba são grandes. O jogador, que tem contrato até o fim de 2020 com o Alviverde, está sendo sondado por equipes que recém conquistaram o acesso à Série A. Avaí e Goiás já sinalizaram interesse pelo atleta, mas é do time esmeraldino a maior possibilidade de negociação. As possíveis propostas pelo camisa 84 vem ao encontro da expectativa do Verdão, já que o presidente Samir Namur declarou em diversas entrevistas, que, por conta do alto salário, não garante que o ídolo coxa-branca permaneça no Alto da Glória em 2019.

De acordo com informações apuradas pela Rádio Transamérica, o Goiás ofereceu arcar com os pagamentos ao atleta, mas para que o acordo seja assinado, quer que o Coritiba não cobre qualquer multa pela rescisão do contrato. A exigência pode dificultar a negociação, já que o Coxa quer algum retorno financeiro. Porém, as conversas ainda estão em andamento e podem ter novos desdobramentos.

+ Leia mais: Coritiba despenca no ranking de clubes da CBF

O vice-presidente de futebol do Goiás, Mauro Pereira Machado, concedeu entrevista à Rádio Sagres 730, e comentou a carência por um goleiro no clube. Em 2018, foram utilizados no time esmeraldino cinco arqueiros diferentes, entre eles Tiago Cardoso (ex-Atlético) e Marcelo Rangel (ex-Londrina), que está machucado.

“Existe a necessidade de contratação. O Rangel demora um pouco para voltar a atuar normalmente. O Wilson sempre foi um goleiro que nós vimos com bons olhos, tem muito tempo que pensamos nesse atleta aqui no Goiás e evidentemente é um atleta que queremos conversar”, falou.

Wilson ainda não sabe se permanece no Coritiba em 2019. Foto: Albari Rosa.
Wilson ainda não sabe se permanece no Coritiba em 2019. Foto: Albari Rosa.

O goleiro do Coritiba teve o nome cogitado devido a uma indicação do novo treinador do Goiás, Maurício Barbieri.

Já no caso do Avaí, a negociação deve ser mais difícil de ir adiante. Isso porque o presidente do clube catarinense, Francisco Batistotti, apesar de afirmar que já havia sondado Wilson, em 2017, mostrou-se preocupado com as condições físicas do jogador de 34 anos. No fim de outubro, Wilson sofreu uma lesão no ligamento cruzado posterior do joelho e não está ainda 100% recuperado, apesar de ter atuado até o final da Série B.

Com as negociações ainda em andamento e sem estarem concretizadas, o departamento de futebol do Coritiba direcionou uma série de instruções ao goleiro em relação às atividades que poderá realizar no período de férias. A reapresentação do time acontecerá no dia 2 de janeiro.

+ Vai e vem: Confira TODAS as notícias sobre o mercado da bola!

Wilson está no Coritiba desde 2015 e soma 191 jogos com a camisa alviverde. Cobrador de pênaltis, o jogador tem oito gols assinalados em sua passagem pelo Verdão.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!