Pressionado após o tropeço frente ao Toledo, o Coritiba trabalha para reverter o quadro diante do Operário, no próximo domingo, às 19h30, no Estádio Couto Pereira.

Em entrevista coletiva, o técnico Gilson Kleina destacou que tem passado tranquilidade para o elenco para que os atletas não entrem em campo pressionados pela torcida.

“Eu passo para os nossos atletas o respeito que nós temos que ter pelos nossos adversários. Eu não posso colocar uma pressão maior onde já existe. Temos que deixar uma equipe competitiva e agressiva”, destacou o treinador.

O comandante do Verdão ressaltou ainda um dos pedidos feitos pela diretoria e pediu paciência ao torcedor. “Quando começamos o trabalho, um dos fatores que nos pediram era a utilização de jogadores das categorias de base. Nós estamos fazendo esse trabalho e não adianta transferir a pressão para os garotos”, concluiu Kleina.