Ainda em negociação com o Mirassol para ter definitivamente o volante Matheus Galdezani na temporada de 2018, o Coritiba ganhou uma concorrência pelo jogador. Segundo informações da imprensa de Salvador, o Bahia, depois de tentar tirar o meia Yan Sasse do Coxa no final do ano passado, teria demonstrado interesse no atleta, que, desde a semana passada, está participando da pré-temporada do time em Foz do iguaçu.

O interesse do clube baiano pode mudar totalmente o cenário da negociação com o Mirassol. A permanência de Galdezani é um objetivo do Alviverde. No entanto, o clube segue negociando a dívida com o time paulista feita ainda na gestão do presidente Rogério Portugal Bacellar, na metade do ano passado.

O Coritiba adquiriu 50% dos direitos econômicos do meia por R$ 3 milhões e a dívida foi parcelada para ser quitada até dezembro de 2017. No entanto, o Coxa pagou apenas uma parcela e, por isso, a atual diretoria, agora liderada pelo presidente Samir Namur, está tentando renegociar a dívida e uma nova forma de pagamento para registrar o pré-contrato assinado anteriormente.

Assim, o Verdão, se conseguir renegociar a dívida, pode conversar com o Bahia e ter ganhos futuros com a transação. Outra alternativa seria o tricolor baiano assumir a dívida do Coritiba com o Mirassol e contar com o jogador a partir desta temporada. No entanto, o volante está nos planos da comissão técnica.

Na semana passada, quando o Coritiba se apresentou para a pré-temporada, o volante conversou com a imprensa e reiterou seu desejo de permanecer no Coxa. Segundo a diretoria, inclusive, o jogador se apresentou antes para conversar com a cúpula verde e branca para definir sua continuidade no clube para 2018.