Em um dos melhores jogos do campeonato, Coritiba e Atlético Mineiro travaram uma verdadeira batalha na noite deste domingo, no Mineirão, em Belo Horizonte. O Galo levou a melhor e venceu por 3 a 2, mas o Verdão se apresentou muito bem e a boa partida segue como um alento para a torcida, que anda desconfiada com o time. Com esta derrota, o Coxa continua em 16.º, com 16 pontos. O próximo compromisso do Verdão será na quarta-feira, às 21h50, contra o Santos, em Cascavel. Marcos AUrélio, que recebeu o terceiro amarelo hoje, será desfalque.

O jogo começou a mil por hora. Aos 3 minutos, Marcelinho Paraíba, com um passe de mestre, deixou Jailton na cara do gol, mas o volante bateu em cima de Aranha, que abafou o lance. Na sequência, o goleiro fez a defesa em chute desferido por Marcos Aurélio. O Galo começou a pressionar e não abriu o placar aos 12 minutos porque Edson Bastos fez duas grandes defesas e a trave também ajudou.

Aos 14 não teve jeito. Evandro cobrou falta na cabeça de Jonílson, que não perdoou: 1 a 0. Dois minutos depois, Thiago Feltri cruzou na cabeça de Diego Tardelli, que fez mais um. O Coxa sentiu os gols, mas recuperou-se e diminuiu a contagem aos 20, através de Demerson, que aproveitou bom escanteio cobrado por Marcelinho. O Verdão poderia ter empatado aos 37, em um chute de sem pulo de Marcos Aurélio que o goleiro Aranha fez monumental defesa.

Na volta para o segundo tempo, René colocou Guaru no lugar de Dirceu, que não vinha bem no jogo. Roth sacou Evandro para entrada do experiente Júnior. No primeiro lance de perigo, Júnior cobrou falta, Bruno Batata cabeceou para trás e a bola quase entrou. Aos 7 minutos, Júnior bateu no cantinho e Edson Bastos fez grande defesa.

Aos 12, Júnior rolou para Welton Felipe, que à queima roupa bateu para excelente defesa do goleiro alviverde. Aos 22, Júnior deixou Welton Felipe na cara do gol. O zagueiro escolheu o canto e bateu para defesa de Edson Bastos. Aos 24, Marcelinho Paraíba recebeu na área, mas bateu fraco para o gol. Um minuto depois, Marcos Aurélio saiu na cara do gol, mas bateu por cima de Aranha. Aos 30, Júnior tocou para Thiago Feltri, que bateu para mais uma defesa de Edson Bastos. Aos 36, Pedro Ken deu belo lançamento para Leozinho, que chutou na saída de Aranha para empatar o jogo: Aos 42, Renan Oliveira recebeu e bateu no canto de Edson Bastos. Final: Coritiba 2, Atlético Mineiro 3.