A janela de transferências na Europa se fechou ontem e o Coritiba acaba passando por ela praticamente sem sofrer com a perda de jogadores. Saíram somente o zagueiro Jéci (que foi para o Palmeiras suprir a ida de Henrique para o Leverkusen/ALE), o meia Michael (rumou para o Japão) e o atacante Cadu (Marítimo/POR).

O time conseguiu repor com Evaldo, Dinélson e Jaílson. Além dessas caras novas, o clube ampliou o vínculo com o volante Jean Agapito por mais um ano e com o meia Tiago Real por mais dois. Estes últimos ainda atuam pela equipe Sub-20, mas podem ser aproveitados no elenco principal a qualquer momento.

Agora, os clubes só podem contratar atletas oriundos do próprio país, mas somente até o dia 19 deste mês conforme o regulamento do Brasileirão. Mas isso só deverá acontecer no Alto da Glória em caso de uma grande necessidade ou grande oportunidade.

Isso porque  Evaldo (ex-Santos) e Jaílson (ex-Braga/POR) ainda nem estrearam e o meia Dinélson será apresentado hoje à tarde no CT da Graciosa. Esta contratação, por sinal, foi concretizada ontem após o jogador conseguir se desvencilhar do Corinthians. Ele chega para o lugar de Michael e porque o elenco conta apenas com João Henrique para a posição.

Após a apresentação de Dinélson, os jogadores voltam ao batente, mas os titulares fazem apenas um trabalho regenerativo enquanto os reservas farão um coletivo contra uma equipe a ser definida.

Para a partida contra o Botafogo, a baixa será o volante Alê, expulso contra o Cruzeiro. Leandro Donizete, Dirceu e Rubens Cardoso são as primeiras opções do técnico Dorival Júnior. O confronto contra os cariocas está programado para as 18h20 de sábado no Couto.