A tarde desta terça-feira (24), no CT da Graciosa, foi de apresentações de reforços no Coritiba para a temporada de 2017. Cada um com sua história de vida, mas com o desejo em comum de ajudar o Verdão neste ano, o meia Tiago Real, revelado na base alviverde, e o zagueiro Márcio, que chega do Atibaia, da Série A3 do Campeonato Paulista, procuram agora, com a camisa coxa-branca, escrever novos capítulos de sucesso nas suas carreiras.

Natural de Curitiba, oTiago Real, aos 27 anos, foi anunciado no início da pré-temporada como novo reforço do Coxa, mas chegou já sob os olhares desconfiados do torcedor, sobretudo pela temporada ruim que teve no Vitória, no ano passado. Com apenas dez partidas no time profissional do Verdão, o jogador garante que está mais maduro e pronto para ajudar a equipe.

“O Tiago Real de agora é totalmente diferente. Naquela época que estava no Coritiba eu era um jogador em transição do sub-20 para o profissional, um jogador ainda cru. Agora volto mais maduro, passei por vários clubes, pude disputar várias competições, Libertadores, Sul-Americana e volto com uma bagagem maior do que eu saí. Claro que sempre aprendendo, estou retornando ao clube, com vários jogadores experientes e chego para somar e para lutar bastante para fazer deste um grande ano”, cravou.

“Estou emocionado, é a minha primeira vez”. Essas foram as palavras do zagueiro Márcio, de 23 anos, antes de responder sua primeira pergunta na coletiva realizada no CT da Graciosa. Com os olhos marejados, o novo defensor alviverde revelou que está realizando um sonho.

“Para mim é um grande sonho estar em um time de Série A. Estou vindo de um time da Série A3 (do Paulista). Então, espero que com meu trabalho eu possa conseguir meu espaço e chegar nos objetivos do Coritiba”, declarou. “Essa chance é tudo para mim. Todos os jogadores sonham com isso. Sempre sonhei e graças a Deus o Coritiba deu essa chance para mim, está acreditando no meu trabalho”, emendou ele.

Vindo do Atibaia, o zagueiro tem no atacante Iago um exemplo a ser seguido. O camisa 7 alviverde veio do mesmo time e se destacou na reta final do Brasileirão do ano passado. “É uma história que ele está construindo aqui. Ele saiu da A3 assim como eu e agora tem um nome. Espero que ele consiga muito mais. De mim, eu vou pouco a pouco, acabei de chegar em um time de primeira divisão. Não é fácil e vou trabalhar muito para conquistar meu espaço e mostrar meu trabalho”, concluiu ele.

Jogo-treino

O Coritiba faz neste momento, no CT da Graciosa, o terceiro jogo-treino da pré-temporada visando a disputa do Campeonato Paranaense. O adversário é o Trieste, de Santa Felicidade e o técnico Paulo César Carpegiani iniciou a atividade assim:

Wilson; Thiago Lopes, Werley, Juninho e Carlinhos; Edinho, Alan Santos, Ruy e Yan Sasse; Iago e Léo. Os atacantes Filigrana, ainda sem a documentação regularizada, e Kléber, suspenso do jogo de domingo (29), contra o Cianorte, não iniciaram a atividade no time titular.