Alguns jogadores do Coritiba saíram de campo discutindo com a arbitragem, chateados com o gol sofrido no final, mas a verdade é que o empate foi sendo cedido aos poucos.

Do domínio no 1º tempo aos contra-ataques na etapa final, faltou um maior capricho, mais solidariedade e inteligência pra carimbar a classificação já no jogo de ida.

O Avaí mostrou-se desorganizado, bateu cabeça até se acertar no 2º tempo com as mexidas de Chamusca e ir no abafa com o empurrão da galera. Ou seja, o natural quando uma equipe se manda no desespero e a outra não aproveita.

Mesmo assim, o resultado contra uma equipe de Série A mostra que o Coxa está evoluindo bem e precisa de pequenos ajustes para não viver essa inconstância durante a mesma partida. Na volta, no Couto lotado, é só se cuidar atrás e jogar no erro do adversário, que terá que sair mais pro jogo.