O Coritiba deve dar uma nova notícia para a sua torcida nos próximos dias. O clube montou um grupo de estudos para avaliar as possibilidades da construção de um novo estádio para o clube.

Já foi assinado um protocolo de intenções com a construtora WTorre, para realizar um novo projeto de um estádio moderno, confortável e que atenda todas as exigências da Fifa.

Fazem parte da comissão alviverde Marcos Hauer, vice-presidente do clube, e Flávio Kitzig, conselheiro do clube e executivo responsável pelo “Projeto Vencer”, que elegeu o grupo do presidente Jair Cirino dos Santos para dirigir o clube no lugar de Giovani Gionédis. Compõe ainda a comissão Carlos Alberti, José Augusto Arruda, José Fernando Macedo, Nadir Elache Filho, Cláudio Baiak e Odenir Müller.

A construtora WTorre é a mesma que está cuidando do projeto do novo estádio que será construído pelo Palmeiras, em São Paulo.

Entre as dúvidas que deverão ser detalhadas pela comissão e a construtora estão a demolição do atual Couto Pereira, dando lugar ao novo estádio. Outra questão a ser discutida seria a da venda da área do Coritiba no Alto da Glória, para a construção do estádio em um outro local na cidade.

Uma das hipóteses levantadas seria a de que enquanto fosse levantado o novo estádio, o Coxa continuaria jogando no Couto Pereira. A empresa responsável pela construção teria ainda o direito de explorar o local inicialmente por 20 anos.