Com seis jogos de invencibilidade e vivendo seu melhor momento no Campeonato Brasileiro, sobretudo por ter conseguido sair da zona de rebaixamento depois de 18 rodadas, o Coritiba aposta mais uma vez na força do Couto Pereira, hoje, às 22h, diante do Fluminense, para manter a boa fase. O duelo contra o tricolor carioca é o primeiro de dois seguidos que o Verdão fará no Alto da Glória, depois enfrenta o Internacional no sábado.

Com um mês desde a sua última derrota, o Coxa entrará finalmente em campo em situação melhor que o adversário. Ao contrário do time de Ney Franco, que vem em boa recuperação no campeonato, o Fluminense, que chegou a brigar pelo G4, passa por um momento difícil e vem de quatro derrotas seguidas no Brasileirão. “A gente tem que saber aproveitar isso. O time deles já brigou pelo G4, mas não estão em um bom momento”, apontou o atacante Kléber Gladiador, que está relacionado para a partida.

O setor defensivo, grande responsável pela ascensão do Coritiba nas últimas seis rodadas com apenas um gol sofrido, será modificado pelo técnico Ney Franco. O zagueiro Leandro Silva, que está atuando improvisado na lateral-direita, e o zagueiro Walisson Maia estão suspensos. Ivan deve ganhar a titularidade na ala direita, enquanto Luccas Claro deverá formar a dupla de zaga ao lado de Juninho.

Por outro lado, Ney Franco terá a volta do volante João Paulo, que cumpriu suspensão na vitória sobre o Avaí. O jogador deverá formar o setor de contenção ao lado do volante Cáceres, que não jogou em Florianópolis por causa de um cansaço muscular. Se isso acontecer, Alan Santos deixará a equipe e Lúcio Flávio atuará mais à frente na armação, juntamente com Ruy. Assim, o jovem armador Thiago Lopes deve perder sua posição na equipe alviverde.

O ataque também deverá ser modificado. Sem Negueba e com a atuação inconstante do jovem Guilherme Parede, Ney Franco deverá escolher outro companheiro para atuar ao lado do artilheiro Henrique Almeida. Rafhael Lucas, Evandro e Marcos Aurélio estão na disputa.

Sem opção

Para o duelo contra o Fluminense, o técnico Ney Franco não terá nenhum zagueiro a sua disposição no banco de reservas. Com a suspensão de Walisson Maia e a ida de Bonfim para o Bragantino, o treinador, se precisar substituir terá que improvisar o volante Ícaro. O zagueiro Ednei, que veio do Vitória, ainda não teve a sua situação regularizada junto à CBF. A regularização aconteceria ontem, mas por causa do feriado e do recesso na FPF, o nome dele deverá sair no BID hoje.

Humildade! Leia mais do Coritiba na coluna do Massa!

Paraná Online no Facebook