O Coritiba deixa momentaneamente de lado o Brasileirão para focar na Sul-Americana, onde estreia amanhã, às 21h50, no Barradão em Salvador, diante do Vitória. Tida como prêmio de consolação aos clubes de desempenho mediano na Série A do ano anterior, em dez jogos a competição de tiro curto pode render ao Alviverde, além de um título internacional também a tão cobiçada vaga à Libertadores.

Sabendo da maneira alternativa de alcançar seu principal objetivo para a temporada, a delegação alviverde seguiu viagem às 7h de ontem para Salvador. Direto de São Paulo. E com novidades. Última contratação apresentada pelo clube, o meia Vitor Júnior foi regularizado no BID da CBF e fará sua estreia. Diretamente do departamento médico, o lateral-direito Ibérbia e o atacante Keirrison foram liberados e ficam à disposição.

Já os laterais Diogo e Victor Ferraz, além ainda do zagueiro Chico os dois últimos, que ao lado do goleiro Vanderlei participaram de todos os 15 jogos da equipe pelo Brasileiro, serão poupados. “São atletas que participaram de grande parte das partidas do Brasileiro, e que ficam aqui em treinamentos que englobam além da recuperação uma preparação direcionada para o jogo de sábado (contra o Criciúma)”, explica Glydiston Ananias, preparador físico. Também ficam de fora da partida de ida do confronto, válido pela 2.ª fase da Sul-Americana, os jogadores Lincoln, Leandro Almeida, Geraldo, Sérgio Manoel, Deivid e Alex, que seguem em tratamento no CT da Graciosa. “É outra competição. Vamos procurar dentro do departamento físico os atletas que encontram-se em melhores condições, focando nessa competição que também é de suma importância”, afirmou Marquinhos.