O Coritiba completou mais uma rodada sem vitórias dentro do Campeonato Brasileiro. O oitavo jogo sem vencer aconteceu na derrota para o Santos, sábado à noite, por 3×0, na Vila Belmiro e escancarou a fragilidade do time coxa-branca que, mesmo com um esquema diferente imposto pelo técnico Ney Franco, foi presa fácil para o time paulista. O Coxa vai tentar amenizar um pouco a sua situação e sair da lanterna no duelo de quarta-feira, diante do Palmeiras, às 19h30, no Couto Pereira.

O momento complicado foi resumido pelo volante João Paulo. “Não tem como explicar. Agora cada um tem que ter vergonha na cara, saber que está jogando em um time grande e tem que dar a vida pelo time. Não sei nem o que dizer”, declarou o jogador após mais um revés sofrido na competição nacional.

Depois do afastamento de cinco jogadores durante a semana, o técnico Ney Franco tentou reinventar o esquema tático do Coritiba e lançou três atacantes para encarar o Santos, com a estreia de Henrique Almeida. A nova estratégia pouco funcionou e o Coxa foi dominado pelo Peixe, que abriu o placar aos 19 minutos com Geuvânio.

Sem reação e criando muito pouco, o time tomou o segundo gol ainda no primeiro tempo. Aos 43, Lucas Lima tentou cruzar e Ivan marcou contra. Na etapa final, apesar de ter um pouco mais de posse de bola, o Verdão viu Ricardo Oliveira marcar o terceiro gol e garantir o triunfo do Peixe.

Impotência! Leia mais do Coxa na coluna do Massa!