Não era a exibição que a torcida queria, mas foi o resultado que ela esperava. O Coritiba iniciou o segundo turno do Campeonato Brasileiro com uma vitória por 1 a 0, gol de Rafinha, e respira melhor na competição. Apesar da vitória, os dois times ficaram devendo um futebol para os pouco mais de 13 mil torcedores que assistiram ao jogo no Couto Pereira.

Começando a partida com o freio de mão puxado, os times passaram os primeiros 15 minutos se estudando e pouco se arriscando. Somente aos 20 minutos veio o primeiro lance de emoção. Fred passou fácil pela marcação alviverde e cruzou rasteiro para o uruguaio Diego Fórlan que, mesmo com o gol escancarado, chutou pra fora.

Melhor no jogo, o time colorado continuou pressionando e aos 26 o atacante Leandro Damião acertou o travessão de Vanderlei após tentar fazer um cruzamento.

O Coxa chegava vez ou outra ao gol de Muriel, mas pouco produziu de efetivo.

Vitória em gol “sem querer”

Disposto a buscar a vitória, o Coxa voltou mais ligado para a segunda etapa. Enquanto o Internacional mostrava estar satisfeito com o empate e tratava de cadenciar a partida, o Coritiba foi pra cima do adversário.

A estratégia deu certo e logo aos 10 minutos o Coxa foi premiado. Após uma bela troca de passes, Lincoln saiu na cara de Muriel. O meia Coxa Branca chutou e o goleiro espalmou nos pés de Índio que, ao tentar sair jogando, chutou em cima do braço de Rafinha, que estava colado junto ao corpo, marcar o gol alviverde.

Coube ao colorado correr para recuperar o lucro. Contudo, a afobação dos jogadores gaúchos impedia que eles chegassem de forma mais incisiva ao gol de Vanderlei. O Coxa, por sua vez, buscava os contragolpes, mas só conseguiu algo de mais perigo já no final do jogo, em uma falta cobrada por Ayrton, que atingiu a trave.

Com a vitória, o Coritiba chega aos 22 pontos e se mantém na 15.ª colocação.

Veja na galeria de fotos o jogo do Coxa.