enkontra.com
Fechar busca

Coritiba

Coritiba

Coritiba

Coxa: descontração no CT da Graciosa surpreende a todos

Tcheco desestressa o elenco, que carrega a responsabilidade do tri estadual

  • Por Ricardo Brejinski

Mesmo às vésperas de definir o título do Campeonato Paranaense contra o maior rival, e também com a oportunidade de alcançar o segundo tricampeonato do clube na história, o clima no Coritiba é de total descontração, parecendo mais uma semana qualquer de treinamento.

Durante as atividades realizadas ontem, no CT da Graciosa, os jogadores se mostraram focados. Fora das quatro linhas, porém, as brincadeiras tomaram conta do ambiente. Durante a entrevista coletiva de alguns atletas, os demais ficavam no meio dos jornalistas, espiando ou tentando tirar a concentração dos colegas. Durante uma resposta, o meio-campista Éverton Ribeiro soltou, em meio a risadas, um “o Tcheco é bobo mesmo”, por conta das caretas que o companheiro fazia.

O próprio Tcheco entrou no clima e, ao analisar a decisão do Estadual, pegou no pé dos repórteres e ressaltou que o torneio vai terminar da maneira que todos queriam. “O campeonato ficou bom, a gente sabia que vocês (imprensa) estavam torcendo para nós no segundo turno, e deu certo. Está como todo mundo queria, com uma decisão para definir o campeão”, cutucou.

Sobrou até mesmo para o atleticano Paulo Baier. O camisa 10 do Rubro-negro, ao lado de Tcheco, estará entre os mais velhos em campo no domingo. Ao ser questionado sobre quem vai aguentar mais tempo em campo, o coxa-branca não teve dúvidas. “Nós dois vamos terminar o clássico, mas eu espero ficar mais ali, erguendo o troféu e fechando com chave de ouro com este tricampeonato”, cravou.

Porém, quando o assunto era o jogo em si, o discurso retornou àquele típico respeito ao adversário, sem ninguém assumir o favoritismo e dar uma injeção de ânimos para o outro lado. “Ninguém quer dar armas pro adversário, ainda mais em uma final. Então acho que não vai ter nenhuma declaração muito forte, tanto daqui como do lado de lá”, explicou Éverton Ribeiro.

Mesmo assim, ele garante que as entrevistas mais conservadas são uma decisão dos próprios jogadores, mas não deixou de cutucar a assessoria de imprensa. “Cada um sabe o que fala na imprensa. Às vezes eles (assessoria) orientam a gente, mas cada um fala o que quer. Hoje eu passei por aqui e ninguém falou nada demais. Mas o Chucky (apelido do assessor de imprensa do Coritiba) gosta de aparecer também”, se divertiu. “Eles até querem que a gente fale outras coisas, ficam falando, mas a gente às vezes nem presta atenção”, completou o volante Willian.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

26 Comentários em "Coxa: descontração no CT da Graciosa surpreende a todos"


Edson Baptistella
Edson Baptistella
7 anos 1 mês atrás

os porquinhos da meia rebaixada, até tentaram contratar o Roger do Cruzeiro pra jogar pelo Coxa para equilibrar com o Guerron assim as expulsões equilibravam, mas não deu, e não vai dar pros porquinhos, 4×0 Coxa, aja hipoglós pros capengas kkkkkkkk

1 4 5 6
wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas