O Figueirense estragou a festa de aniversário de 107 anos do Coritiba e, o empate em 0x0 na noite desta quarta-feira (12), no Couto Pereira, impediu que o Verdão se afastasse de vez da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O resultado de igualdade fez o time coxa-branca retomar temporariamente a 12ª posição e, agora com 37 pontos, o Coxa abriu um pouco mais de vantagem para a zona de rebaixamento, mas agora precisará somar pontos no clássico  Atletiba de domingo, na Vila Capanema, para seguir longe da área de risco da competição nacional.

Veja como foi o jogo no Tempo Real da Tribuna!

Para se afastar definitivamente da zona de rebaixamento e ciente da importância da vitória, o Coritiba tomou a iniciativa na partida. Porém, quem criou a primeira boa chance de marcar foi o Figueirense. Aos 6 minutos, depois da cobrança de escanteio de Ayrton, Josa cabeceou no travessão e por pouco não abriu o placar no Couto Pereira.

A boa chance criada pelo time catarinense não abateu o Coxa, que seguiu com mais posse de bola, mas com problemas para furar a defesa dos visitantes. Apesar da necessidade da vitória dos dois times para fugir, o jogo voltou a esquentar somente no final do primeiro tempo. Aos 41, depois da cobrança de falta de Juan, Iago chutou e Gatito fez a defesa. Três minutos depois, em outra assistência de Juan, Juninho chutou e o goleiro do time catarinense fez outra boa defesa e garantiu a igualdade no primeiro tempo.

O Coritiba seguiu dominando a partida no segundo tempo, mas seguiu com dificuldades no setor de criação para conseguir furar a retranca do Figueirense. Aos 19 minutos, depois do contra-ataque puxado por Raphael Veiga, Iago, da entrada da área, bateu por cima. Inoperante, Kazim deu lugar para Vinicius e o Coxa passou a pressionar mais o time catarinense.

O Figueirense, na sua única chance criada na etapa final, chegou com perigo com Dodô, mas o chute de longe saiu por pouco. A retranca imposta pelos catarinenses atraiu o Coxa para o campo de ataque. Aos 29 minutos, Juninho ganhou de Ayrton pela esquerda, chutou forte de fora da área e Gatito fez a defesa.

De fora da área, aos 31 minutos, João Paulo arriscou, buscou o ângulo, mas a bola saiu por pouco. Quatro minutos depois, após a cobrança de escanteio de Juan, Raphael Veiga chutou de primeira da entrada da área e por pouco não marcou.

Apesar da falta de criatividade e da ausência da força ofensiva, o Verdão seguiu pressionando o Figueirense. Ainda no final, o Coxa chegou a marcar com Iago, mas a arbitragem marcou a falta de Leandro no goleiro Gatito e o empate sem sal prevaleceu no Couto Pereira.

Ficha técnica

SÉRIE A
2º Turno – 30ª Rodada

Coritiba 0x0 Figueirense

Coritiba
Wilson; Cesar Benítez (Cesar González), Luccas Claro, Nery Bareiro (Walisson Maia) e Juninho; João Paulo, Juan e Raphael Veiga; Iago, Leandro e Kazim-Richards (Vinícius).
Técnico: Paulo César Carpegiani

Figueirense
Gatito Fernández; Ayrton, Bruno Alves, Werley e Pará; Renato Augusto (Ferrugem), Josa, Dodô (Elvis), Everton Santos; Lins (Ermel) e Rafael Moura.
Técnico: Marquinhos Santos

Local: Couto Pereira
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (FIfa-SP)
Assistentes: Miguel Caetano da Costa (SP) e Herman Brumel Vani (SP)
Cartões amarelos: Nery Bareiro, Benítez, Walisson Maia, González (COR); Marquinhos, Renato Augusto, Dodô (FIG)
Público pagante: 12.087
Público total: 12.630
Renda: R$ 211.345,00