No final de 2009, o estádio Couto Pereira estava marcado por cenas brutais, que acabaram manchando a história do Coritiba. Interditada, a casa do Verdão ficou sem receber jogos até o final de fevereiro do ano seguinte. Punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o Coxa foi obrigado a se mudar para Joinville, local que abrigou 10 jogos do clube.

Neste dia 8 de junho de 2011, o estádio Couto Pereira irá refazer a sua imagem. Em um jogo histórico para o futebol paranaense – será a primeira decisão de título nacional na capital do estado -, o Alto da Glória receberá a final da Copa do Brasil, inédita também para o seu dono. O Coritiba, que já havia chegado em três semifinais da competição, precisa de uma vitória por dois gols de diferença para comemorar o título.

O estádio Couto Pereira foi palco de grandes confrontos. Na semifinal do Brasileiro de 1985, um gol de Heraldo deu a vantagem ao Verdão na partida diante do Atlético-MG. Na época, muitos achavam utopia o Coxa passar pelo Galo. Os paranaenses deixaram todos boquiabertos e garantiram a vaga na final da competição, que mais tarde seria conquistada no estádio do Maracanã.

O Couto, que já recebeu decisões estaduais e jogos decisivos do Coritiba por competições nacionais, será o local que o Verdão poderá comemorar uma das glórias mais importantes de sua história.