O Coritiba, enfim, acabou com o jejum de vitórias no Brasileirão. Com um gol de pênalti, no final do jogo, o Alviverde bateu o Vasco por 1×0 neste domingo (20), no Couto Pereira, pela 11ª rodada, e encerrou uma sequência de quatro partidas sem ganhar. O gol do triunfo foi de Robson, já nos minutos finais;

O resultado faz com que o Alviverde deixe a zona de rebaixamento. A equipe pulou para 11 pontos e foi para 16º, mas tem jogos a mais que Botafogo, Bahia e Goiás, que estão na zona da degola.

Com dificuldades em manter a mesma escalação, o técnico Jorginho promoveu a estreia do argentino Sarrafiore, para melhorar o setor de criação da equipe. No entanto, com pouco ritmo de jogo, o meia pouco fez e saiu no intervalo.

O próximo compromisso será contra o Fluminense, na próxima segunda-feira (28), às 20h, no Maracanã.

+ Confira como foi o jogo no Tempo Real da Tribuna!

O primeiro tempo foi de baixa qualidade técnica, com poucas finalizações e muitos erros ofensivos e defensivos das equipes. Robson teve a melhor oportunidade do jogo, recebendo nas costas dos zagueiros e saindo cara a cara com o goleiro. No entanto, bateu por cima.

Mesmo chegando um pouco mais, os donos da casa não conseguiram levar mais perigo ao gol adversário. A principal chance dos vascaínos veio quando Cano aproveitou o vacilo de Hugo Moura na saída de bola e chutou forte de fora da área, obrigando Wilson a fazer uma boa defesa.

Coritiba e Vasco fizeram um jogo fraco, com emoção só nos minutos finais. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Tribuna do Paraná

A segunda etapa contou com as equipes buscando mais o gol adversário, mas as principais oportunidades foram dos cariocas. Wilson novamente fez ótima defesa após cruzamento rasteiro na área e desvio de Cano.

+ Confira a classificação completa do Brasileirão!

O goleiro ainda viu a bola atingir sua trave na sequência, quando o argentino tocou para Talles Magno, que bateu colocado. Nas oportunidades dos mandantes, faltou capricho nas finalizações para obrigar Fernando Miguel a fazer mais defesas.

Mas, no final, o Coxa conseguiu arrancar os três pontos. Aos 37, Robson foi derrubado na área por Yago Pikachu e, com a ajuda do VAR, o árbitro marcou pênalti. Sabino foi para a cobrança e Fernando Miguel fez a defesa.

Só que o goleiro vascaíno se adiantou, tirando os dois pés da linha, e mais uma vez o VAR entrou em ação. A penalidade precisou ser cobrada novamente. Desta vez com Robson na bola, que chutou forte e garantiu o triunfo alviverde.

Sabino comemora gol de Robson. Zagueiro perdeu pênalti, mas o companheiro, na segunda chance, graças ao VAR, fez. Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Tribuna do Paraná

Ficha técnica

Brasileirão
11ª rodada

CORITIBA 1x 0 VASCO

Coritiba
Wilson; Natanael, Rodolfo Filemon, Sabino e William Matheus; Hugo Moura, Matheus Sales, Matheus Bueno (Thiago Lopes) e Sarrafiore (Yan Sasse); Giovanni Augusto (Gabriel) e Robson. Técnico: Jorginho.

Vasco
Fernando Miguel, Yago Pikachu, Miranda, Marcelo Alves e Neto Borges; Bruno Gomes (Fellipe Bastos), Marcos Júnior e Bruno César (Ribamar); Talles Magno, Ygor Catatau (Guilherme Parede) e Cano.Técnico: Thiago Kosloski.

Local: Couto Pereira
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (FIFA-SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA-SP) e Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)
Gol: Robson, 44 do 2º
Cartões amarelos: Sarrafiore (COR); Ygor Catatau e Yago Pikachu (VAS)
Cartão vermelho: Thiago Kosloski


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?