A estreia do Coritiba na Copa do Brasil não foi de todo mal. Encarando um time bastante limitado, porém com muita vontade de ganhar, foi difícil segurar o ímpeto da equipe da casa. O Coxa derrotou o Holanda-AM por 2 a 1, em muito, graças à zaga da equipe da casa que falhou em lances capitais, praticamente entregando o jogo.

No primeiro tempo, Coritiba teve mais posse de bola e chutou mais vezes ao gol, mas, como diz o ditado, quem não faz leva. E foi exatamente isso que aconteceu, após perder boas chances de gol, a equipe alviverde deixou a esperança da equipe da casa, Marinho, solto demais. Ele penetrou pela direita e cruzou na cabeça de Zezé, que abriu o placar.

O jogo continuou muito corrido, com vários lances de perigo de ambos os lados. Porém faltava qualidade para concluir. O Coritiba atacou bastante pelas laterais, mas foi novamente a partir de uma jogada de bola parada que saiu o gol coxa-branca. Marcos Aurélio cobrou falta, que Felipe desviou e o zagueiro Rodolfo fez gol contra.

Na metade final do segundo tempo, o técnico Ivo Wortmann sacou Hugo para a entrada de Guaru. A modificação tirou a referência no ataque, mas em compensação fez com o time ganhasse em velocidade. Nos acréscimos, brilhou a estrela do treinador. Aos 48 minutos, Ceará entregou uma bola para Guaru, que arrancou e virou o jogo.

Agora o Coxa decide o jogo em sua casa, no Couto Pereira. Com o resultado, pode perder por 1 a 0 e mesmo assim está classificado para a próxima fase.