Tinha que ser Carlinhos Paraíba o autor do gol na suada vitória do Coritiba contra o Ipatinga, ontem no Couto Pereira. De meia, armando as principais jogadas e chegando na frente ou subaproveitado na marcação, ele faz a diferença no Alviverde e a alegria dos torcedores. E não só isso.

Foi o tento 500 do Coxa em campeonatos brasileiros jogando no Alto da Glória. Por isso, os aplausos dos torcedores e o mérito de ficar marcado pelo feito. Bom também para o time que se recuperou da derrota para o Atlético-MG e agora se prepara para pegar o Náutico no sábado.

Na terça-feira, após o treinamento, o meia foi mais do que sincero. Joga como segundo volante para ajudar o time a pedido do técnico Dorival Júnior. E como ajuda. Mesmo tendo que dividir espaço com João Henrique no primeiro tempo e boa parte do segundo e com o companheiro estando bem, quando ele teve mais liberdade para avançar mostrou porque é um dos ídolos da torcida.

Não mede esforço mesmo tendo que marcar e quando se aproxima da área leva perigo ao adversário. E foi assim contra o Tigre de Minas Gerais, porque mesmo com maior poder ofensivo e a posse de bola, faltou acertar a finalização.

No primeiro tempo, a única bola que foi em direção ao gol parou nas mãos do goleiro Fred. O atacante Hugo cabeceou com estilo, mas não deu. No segundo tempo, Fred não teve grande trabalho porque os chutes não tiveram direção.

Substituto de Hugo, Cadu tentou de joelho e até de bicicleta, Keirrison tentou e o próprio Paraíba arriscou, mas o gol demorou a sair. E saiu chorado. Após um escanteio cobrado por Henrique Dias, a bola bateu e rebateu até Paraíba ajeitar e mandar cruzado a média altura sem chance para o arqueiro do Ipatinga.

Com o gol, o time se acalmou e a torcida vibrou, mas o Tigre foi para cima e ameaçou impor uma pressão para tentar o empate, objetivo inicial, mas não deu. Apesar do recuo inexplicável, o Alviverde conseguiu segurar o resultado, garantiu os três pontos e também mostrou que continua imbatível no Couto. Mas a maratona não pára e a equipe já tem que enfrentar o Náutico, às 18h20 de sábado.

CAMPEONATO BRASILEIRO
14.ª Rodada
Coritiba 1 x 0 Ipatinga
Coritiba

Edson Bastos; Maurício, Rodrigo Mancha e Felipe; Rodrigo Heffner, Dirceu (Alê, 1 do 2.º), Carlinhos Paraíba, João Henrique (Henrique Dias, 22 do 2.º) e Ricardinho; Keirrison e Hugo (Cadu, 1 do 2.º).
Técnico: Dorival Júnior
Ipatinga
Fred; Leandro Salino, Tiago Vieira, Léo Oliveira e Beto (Xaves, 18 do 2.º); Augusto Recife, Paulinho Dias (Luís Fernando, 39 do 2.º), Léo Silva (Luciano Mandi, 21 do 2.º) e Rodriguinho; Adeílson e Marinho.
Técnico: Ricardo Drubsky
Local: Couto Pereira
Árbitro: Francisco de Assis Almeida Filho (CE)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés (Fifa/RJ) e Marcelo Braz Mariano (RJ)
Gol: Carlinhos Paraíba aos 30 do 2.º tempo
Cartão amarelo: Paulinho Dias, Keirrison, Léo Silva, Cadu, Adeílson
Renda: R$ 161.845,00
Público pagante: 12.734
Público total: 14.823