Se no campo o Coritiba ainda precisa engrenar no Campeonato Brasileiro para voltar a sonhar com mais uma Copa Libertadores, fora dele o caminho pode passar pela torcida ao Vasco da Gama.

Campeão da Copa do Brasil, o time carioca já está classificado para o principal torneio continental do ano que vem, mas inicia hoje a participação na Sul-Americana, que também oferece uma vaga ao vencedor.

Ou seja, abriria a possibilidade do Alviverde também ser incluído no torneio e a diretoria já começa a se mexer para saber qual o entendimento da CBF. “Eu acho que é uma coisa muito distante, mas evidente que temos o interesse e vamos consultar a CBF para saber qual é o parecer deles nesse caso”, avisa Ernesto Pedroso Júnior, membro do conselho administrativo (G9).

De acordo com ele, a própria entidade deu parecer favorável ao vice-campeão da Copa do Brasil no ano passado em situação semelhante. “Já fizeram essa relação e daquela vez a manifestação da CBF foi de que o Vitória ganharia a vaga na Libertadores se o Santos tivesse sido o campeão”, lembra. No entanto, este ano, a entidade não se manifestou oficialmente.

O regulamento do Campeonato Brasileiro atrela a distribuição de vagas na Libertadores à Sul-Americana. Em caso de campeão nacional, a Série A daria apenas três vagas na Libertadores.

É em cima disso que se baseia a tese do Coxa, de ficar com a vaga pelo vice-campeonato na Copa do Brasil. Ano passado, o diretor de competições da CBF, Virgílio Elísio da Costa Neto, declarou que o Vitória seria beneficiado, mas os clubes que estão mais bem posicionados no Brasileiro podem fazer pressão também. “Confiamos na manutenção do critério, temos uma boa relação com a CBF e não vejo porque ela nos passaria para trás”, destaca Pedroso.

Assim, o torcedor alviverde tem um motivo a mais para torcer pelos cariocas na Sul-Americana. “Temos o maior interesse que o Vasco seja feliz”, completa o dirigente. Para ele, não seria nenhum demérito herdar a vaga do Vasco.

“Não seria uma entrada pela porta dos fundos. Fizemos por merecer, tanto que chegamos em segundo e vencemos o jogo final contra eles”, completa. A equipe da Colina encara o Palmeiras na primeira fase e como já está garantido na Libertadores brigaria na competição apenas pela honra de vencer mais um torneio.