Rival e “secador” em qualquer circunstância, o Coritiba vai abrir uma exceção ao Paraná Clube e entra na torcida pelo “coirmão” na partida de sábado, contra o Náutico. Mas não pense que a trégua não têm segundas intenções.

O motivo é que uma vitória do Tricolor frente ao time pernambucano pode valer a liderança da Série B para o Alviverde, caso ele cumpra seu papel de favorito e vença o Vila Nova, amanhã, em Goiânia. Por isso, os jogadores não escondem a vontade de ver a Gralha Azul se dando bem diante do Timbu.

Entre os jogadores, o assunto tem estado nas rodinhas. “Até comentamos que o Paraná vai jogar com os dois líderes: a equipe do Náutico e, dependendo do que acontecer, com a nossa equipe.

Então, o Paraná tem a nossa torcida”, aponta o zagueiro Jeci. No entanto, ele ressalta que o Coxa precisa fazer sua parte. “A gente tem que procurar primeiro vencer a equipe do Vila Nova na sexta-feira (amanhã) e, aí sim, torcer para o Paraná fazer a parte dele contra o atual líder”, pondera.

Sem tirar uma vírgula da opinião de Jeci, Enrico completa: “Vamos abrir um parênteses para torcer pelo Paraná apenas nessa rodada.” De acordo com o apoiador, o time tem que manter a cautela sobre os rivais.

“Temos apenas o Náutico na nossa frente e, com certeza, a gente gostaria que o Náutico perdesse alguns pontos para o Paraná para que a gente consiga a liderança. Nosso objetivo, além de conseguir a primeira colocação, é estar sempre no G4 e, quem sabe, conquistar o título também”, ressalta.

Enrico, no entanto, reforça que a a trégua para o Paraná é apenas para esse jogo. “Tem muita coisa para se resolver e o Paraná é na próxima semana. A gente tem o Vila Nova pela frente e depois vamos pensar no que a gente vai fazer contra o Paraná”, completa.

Time pronto

O técnico Ney Franco volta à velha forma de o time atuar, com Denis na lateral-esquerda. O garoto ganhou a condição de titular porque Lucas Mendes está machucado e Triguinho está em fase final de recuperação física.

No meio-campo, Marcos Paulo volta ao time após a suspensão. Com isso, Cleiton e Ramon deixam a equipe. Outras mudanças que poderiam acontecer, como as entradas de Marcos Aurélio ou Sandro, ficam para uma outra oportunidade, já que no entendimento do treinador a formação atual vem correspondendo. O confronto contra os goianos começa às 21h de amanhã no Serra Dourada.