Uma reunião ontem no CT da Graciosa traçou os planos do Coritiba para a maratona de jogos que começa amanhã contra o Holanda/AM. A equipe estreia na Copa do Brasil com planos bem objetivos. No ano do centenário, o Alviverde quer fazer da competição nacional o trampolim para a Libertadores no ano que vem.

Para tanto, a exigência para jogadores vai ser maior e o Coxa quer usar o regulamento da competição para eliminar datas e ter mais tempo para treinar porque não vai abandonar o Paranaense. Por isso, tanto em Manaus quanto em Engenheiro Beltrão, a equipe vai com força máxima.

“Nós tivemos uma reunião com os jogadores porque vamos entrar em duas competições paralelas, uma muito importante, que é o Paranaense, e a outra a Copa do Brasil, que é o menor caminho para a Libertadores”, revelou o técnico Ivo Wortmann.

De acordo com ele, a responsabilidade agora é maior porque conquistar a vaga no torneio sul-americano será muito importante para o Coritiba. “Competição internacional dá retorno financeiro para o clube. Nossa responsabilidade é muito grande. O objetivo é fazer um bom jogo e conseguir, se possível e com respeito ao adversário, fazer o resultado”, destaca.

Por fazer o resultado entenda-se vencer por dois ou mais gols de diferença. Pelo regulamento, na primeira e na segunda fase, quem vence fora de casa com essa vantagem elimina a partida de volta. E é isso o que mais o treinador quer.

Sem partida de volta, a equipe ganha uma semana cheia para treinar o que precisa ser treinado e também para recuperar jogadores que estejam precisando de algum tratamento. “Tem essa vantagem e espero que a gente possa fazer um bom jogo e conseguir esses dois gols lá”, projetou o atacante Marcos Aurélio.

Se isso acontecer mesmo, a equipe já dá o primeiro passo em busca de um título inédito não só para o Alviverde, mas também para o futebol paranaense. O Coxa, por sinal, tem as melhores campanhas na competição. Em 1991 e em 2001, o time do Alto da Glória chegou nas semifinais, mas nas duas vezes esbarrou no Grêmio e acabou eliminado.

No entanto, em ano de centenário e buscando um título importante para marcar a data especial, o Coritiba dá a largada amanhã para tentar ir além e colocar mais uma estrelinha na camisa alviverde.